Horários, Disciplinas e Agenda

Minha aventura pelo curso de Interactive Media Design no Seneca College começou há quase 2 meses, e o que não faltam são coisas pra contar.
Acho que muita gente fica na dúvida quanto vem pra cá sobre a agenda dos estudantes do primeiro term (ainda vou explicar melhor o motivo de usar “term” e não “semestre” – ele existe e é muito importante). Eu mesmo, antes de chegar, não tinha a menor idéia de como seria a rotina por aqui. Quais os horários? Como fica a agenda afinal?


E mais importante de tudo: será que eu vou conseguir trabalhar?


A principal pergunta, certo? Então, como tudo na vida… cada caso, de cada época, de cada pessoa, vai ser diferente. Mas mesmo assim existem algumas coisas que acredito serem comuns a todos os alunos do curso. Vou descrever cada uma delas a seguir.

No primeiro term você não pode montar sua grade de aulas. Antes do primeiro dia de aula o Seneca vai te mandar um email dizendo que sua agenda está disponível no sistema. Eu recebi a minha quando ainda estava no Brasil, mais de 1 mês antes das aulas começarem, e fui obrigado a aceitar o que veio mesmo.

É um curso full time, de verdade. Minha agenda varia muito, mas é difícil eu passar menos de 6 horas lá. Tem dias em que eu chego às 8 da manhã e saio 4 da tarde, por exemplo. Em outros dias, as aulas começam às 10 e vão até as 18h, com alguns intervalos pequenos para almoço e lanche.

Os horários são piores do que parecem. Digo isso justamente porque o campus York do Seneca fica muito longe de tudo! Então, por exemplo, se sua aula começa às 8h, você tem que acordar às 6 pra sair de casa no máximo às 7 e chegar lá a tempo. Se sua aula termina às 18h, não espere chegar em casa antes das 19:15 – e por aí vai.

Os assignments vão tomar conta da sua vida. Assignments são projetos que devem ser entregues de acordo com a estrutura do curso, que é semanal. De semana em semana você precisa cumprir certas etapas do desenvolvimento de cada disciplina. Sem brincadeira e sem exagero algum: sempre vai ter algo pra entregar. Desde essays (redações críticas), passando por fotografias, até peças digitais completas. Os softwares são ensinados de leve nas aulas, mas é esperado que você complete os treinamentos online em casa (quem é estudante tem acesso aos cursos da incrível plataforma Lynda de graça) e treine por conta própria pra entregar os projetos. Isso sem falar nas provas que algumas disciplinas ainda impõem. Resumindo: além das aulas, você ainda precisa de um tempo considerável na biblioteca, nos laboratórios e em casa pra dar conta do recado.


Qualquer curso na área de criação exige um comprometimento enorme. Aqui não é diferente.


Sendo bem sincero: eu já passei por quase 6 anos de uma graduação em arquitetura, numa universidade pública no Brasil. Perto do que eu passei em termos de carga de trabalho e pressão nessa etapa anterior da vida, confesso que as entregas semanais não são nenhum bicho de sete cabeças. Mas elas exigem sim muita dedicação. Em alguns casos você ainda precisa estar lá na faculdade pra conseguir fazer um projeto. Pras aulas de Sound Design por exemplo: dificilmente você vai ter condições (ou mesmo motivos) pra adquirir microfones profissionais e mixers que são fundamentais para concluir os assignments, e o melhor jeito é agendar os laboratórios que o Seneca disponibiliza (fora do seu horário de aula, claro).

Bottom line: mesmo tendo um dia livre na agenda, você fica tão ocupado e tão dependente da faculdade que sua empregabilidade é muito pequena. Eu tentei de várias formas encaixar minha agenda pra vários tipos de trabalhos, e vai batendo aquela chateação pois afinal não receber uma resposta é muito frustrante. Porém, pensando pelo lado do empregador quando pega meu currículo e vê minha disponibilidade de horários, quem vai querer um profissional que quase nunca pode aparecer no trabalho?

É um pouco frustrante, confesso, pois realmente esperava poder pegar algo part-time e conseguir complementar a renda que fica tão curta por aqui. Com o próximo term chegando, quem sabe não consigo organizar a agenda de aulas de uma forma melhor?

Quer conhecer mais do curso de Interactive Media Design no Seneca e saber quais tipos de trabalho estou desenvolvendo? Dá uma passada aqui!

Advertisements